Notícias

07 Jan
so-serei-feliz-se-encontrar-alguem-que-me-conte-a-origem-do-natal

“Só serei feliz se encontrar alguém que me conte a origem do Natal”

A história começa há mais de dois mil anos, com a principal personagem do Natal: o Menino Jesus. 2020 anos depois, em Dia de Reis, 6 de janeiro, o Coro Sénior da Instituição subiu a palco para contar a origem do Natal. Num cenário simples, tal como a manjedoura em Belém, cerca de duas dezenas de pessoas idosas da instituição deram vida ao primeiro Auto de Reis da Misericórdia de Barcelos, numa peça dedicada ao Nascimento de Jesus. Dividida em seis cenas, a história começa com o aparecimento do Anjo Gabriel a Maria, conta a viagem de José e Maria até Belém, o Nascimento de Jesus e, por último, a chegada dos Reis Magos à cabana onde nasceu o Menino. Os idosos, com uma média de idades de 80 anos, tiveram vários ensaios até ao dia do espetáculo. As cenas foram intercaladas com música ao vivo, pelos intervenientes - que cantaram “Só serei feliz se encontrar alguém que me conte a origem do Natal”, “Noite Feliz”, entre outras músicas -, coordenados pela equipa de animadores socioculturais da instituição e pelo professor de música que orienta o Coro, André Barbosa.  “Já não é a primeira vez, e seguramente não será a última, que este grupo nos proporciona um momento tão bonito como este a que tivemos oportunidade de assistir. Um trabalho notável de todas as pessoas que participaram”, referiu o provedor, Nuno Reis. A iniciativa insere-se no programa comemorativo dos 520 anos da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos. As comemorações continuam no próximo dia 24 de janeiro, com o concerto “Vamos Cantar as Janeiras” pela voz de crianças e idosos da SCMB e de entidades parceiras, na Igreja da Misericórdia, às 15h00. [ALBUM:34]

Ver Mais
06 Jan
misericordia-em-momentos

Misericórdia em Momentos

No princípio do mês, a 5 de dezembro, assinalou-se o Dia Internacional do Voluntariado. A efeméride foi estabelecida em 1985, pela Assembleia Geral das Nações Unidas, como forma de sensibilizar para o voluntariado e apoiar grupos dedicados a ações voluntárias. Em Barcelos, o Dia Internacional do Voluntariado foi assinalado com um percurso pelas ruas da cidade. A Santa Casa da Misericórdia de Barcelos, no âmbito da parceria com o Banco Local de Voluntariado, associou-se a este momento. Foram também os voluntários da instituição que organizaram os cabazes de Natal, que permitiram que 56 famílias tivessem uma ceia mais digna. Cada cabaz foi composto por géneros alimentares que colaboradores, famílias e utentes da Misericórdia de Barcelos partilharam, por ocasião da Recolha de Alimentos – que decorreu em todas as unidades da Santa Casa – e também na Ceia de Natal. Ainda na área da Ação Social e Voluntariado, em véspera de Natal, no dia 23 de dezembro, um grupo de seis crianças, com idades compreendidas entre os sete e os oito anos, da Catequese de Remelhe veio à Unidade de Cuidados Continuados Integrados (UCCI) de Santo António para uma ação de voluntariado com os utentes. Incutindo o espírito solidário e a prática de voluntariado, as crianças entregaram um desenho a cada um dos utentes internados na UCCI, promovendo um convívio intergeracional. Como forma de retribuir, os utentes ofereceram uma estrela, para que cada menino pendurasse no Pinheiro de Natal. No dia seguinte, a 24 de dezembro, o Agrupamento 1150, de Silveiros, realizou a já tradicional visita de Natal ao Centro Social Comendadora Maria Eva Nunes Corrêa, em Silveiros. Além dos votos de um Feliz Natal, levaram também algumas canções natalícias e inúmeros sorrisos para partilhar.  A quadra natalícia voltou a ser vivida de forma intensa e mágica pelos utentes da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos – das crianças às pessoas idosas, passando pelos doentes. Além das festividades, a magia da época natalícia foi vivida ao longo do mês, na Creche As Formiguinhas e também na tradicional Ceia, no Lar Nossa Senhora da Misericórdia (LNSM), na Unidade de Cuidados Continuados Integrados de Santo António (UCCI) e no Lar Rainha Dona Leonor (LRDL). A propósito do Projeto “Afetos Partilhados”, da área de Educação na Infância, a época natalícia foi representada no Centro Social Comendadora Maria Eva Nunes Corrêa, em Silveiros, através da construção de um presépio, com a colaboração da área das Pessoas Idosas. A atividade intergeracional juntou crianças e idosos numa festa onde não faltou o brilho das luzes de Natal, as figuras do presépio preparadas com tanto gosto e as músicas natalícias cantadas pelos meninos.  Ainda no princípio do mês (6 de dezembro), realizou-se um simulacro, no Infantário Rainha Santa Isabel, com a colaboração dos Bombeiros Voluntários de Barcelos. Nesta iniciativa participaram Educadoras, Auxiliares de Ação Educativa e de Serviços Gerais, que souberam organizar ordeiramente o seu grupo de crianças, evacuando-as para local seguro.   ----------------------   - Dia Internacional do Voluntariado -   - Cabazes de Natal -   - Visita da Catequese de Remelhe à UCCI -    - Visita dos Escuteiros de Silveiros ao CSCMENC -   - Momentos de Natal no CAF -   - Ceia de Natal no LNSM -   - Ceia de Natal na UCCI -   - Ceia de Natal no LRDL -   - Projeto "Afetos Partilhados": Presépio no CSCMENC -   - Simulacro no IRSI -    

Ver Mais
02 Jan
uma-misericordia-de-paz-inicia-comemoracoes-do-520-aniversario

“UMA MISERICÓRDIA DE PAZ” INICIA COMEMORAÇÕES DO 520.º ANIVERSÁRIO

2020 é um ano “muito importante” para a Santa Casa da Misericórdia de Barcelos (SCMB). Além de se completarem 520 anos desde a fundação da instituição – na altura, com o nome de Confraria da Misericórdia –, 2020 é também o ano em que se assinalam 500 anos desde o momento em que El’ Rei D. Manuel I, “reconhecendo aquilo que eram os primeiros 20 anos da instituição, de trabalho em prol dos mais desfavorecidos, entendeu, através de decreto real, proceder à fusão do Hospital da Villa de Barcelos e da Gafaria da Quinta da Ordem, entregando essas duas unidades à gestão da então Confraria da Misericórdia”, conforme explicou o provedor, Nuno Reis. Ambas as datas são, por isso, assinaladas neste ano 2020, através de um programa cultural que arrancou esta quinta-feira, com a abertura de uma exposição de mensagens de Paz. Sob o mote “Uma Misericórdia de PAZ”, nove telas, elaboradas por crianças, pessoas idosas e doentes ao serviço da Misericórdia de Barcelos, aludem ao Dia Mundial da Paz – comemorado a 1 de janeiro – e ficarão expostas, no átrio da Igreja da Misericórdia, até ao final do mês. Entretanto, já na próxima segunda-feira, dia 6, pelas 15h00, será apresentado, no auditório da Misericórdia, um “Auto de Reis”, com a participação de idosos da SCMB e de entidades parceiras. “Queremos que o programa seja o mais participado possível, que envolva todas as valências da instituição e que seja vivido por cada um dos colaboradores desta Santa Casa. E, nessa perspetiva, nada melhor do que chamar todos a participar nestas comemorações. Começar com uma exposição que junta os dois extremos daquilo que é o ciclo da vida, os mais jovens e os mais idosos, é também uma forma simbólica de a Misericórdia de Barcelos mostrar que, ao fim de 520 anos de vida, está numa fase madura, mas também numa fase que se recomenda, porque junta a experiência e a maturidade dos anos à força da juventude”. Ao longo do ano, estão previstas várias atividades, como exposições, visitas guiadas, caminhadas, congressos, conferências e outros eventos e celebrações, que oportunamente serão divulgados.   [ALBUM:33]  

Ver Mais
02 Jan
misericordia-de-barcelos-inicia-comemoracoes-do-520-aniversario

Misericórdia de Barcelos inicia comemorações do 520.º aniversário

A Santa Casa da Misericórdia de Barcelos inicia, neste mês de janeiro, o programa cultural das comemorações dos 520 anos da instituição.A abertura de “Uma Misericórdia de PAZ”, nesta quinta-feira, 2 de janeiro, pelas 11h00, marca o início das comemorações. As várias unidades da Misericórdia de Barcelos – Unidade de Cuidados Continuados Integrados de Santo António, Lares, Centro de Dia, Creches e Pré-Escolar – apresentam uma exposição de mensagens de Paz, que irá ficar exposta, no átrio da Igreja da Misericórdia, até 31 de janeiro.Depois, ao longo do ano, estão previstas várias atividades, como exposições, visitas guiadas, caminhadas, congressos, conferências e outros eventos e celebrações, que oportunamente serão divulgados.  

Ver Mais
23 Dez
misericordia-de-barcelos-vive-magia-do-natal

Misericórdia de Barcelos vive magia do Natal

A quadra natalícia voltou a ser vivida de forma intensa e mágica pelos utentes da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos – das crianças às pessoas idosas, passando pelos doentes. A magia da época natalícia foi sentida em todas as unidades operacionais da instituição, em festividades que tiveram vários convidados, que animaram utentes, familiares e amigos.   No Lar do Centro Social Comendadora Maria Eva Nunes Corrêa (Silveiros), a animação musical foi protagonizada pelo Grupo de Cavaquinhos da Universidade Barcelos Sénior; seguiu-se um Teatro de Natal, elaborado pelo Animador Rui Lopes e com a participação dos colaboradores do CSCMENC; e a festa contou ainda com uma exibição de dança – CHA CHA CHA de Natal e Paso Doble, por Carmen e Arsénio Castro. [ALBUM:30]   No Lar Nossa Senhora da Misericórdia, os colaboradores dinamizaram um Auto de Natal, com a participação dos colaboradores do LNSM, e decorreu ainda a atuação musical do Duo Opsom. A celebração natalícia contou ainda com uma Ceia de Natal entre idosos e familiares do Centro de Dia. [ALBUM:28]   A festa de Natal do Lar Rainha Dona Leonor (LRDL) iniciou-se com um espetáculo de magia dinamizado por Manuel Arantes. De seguida, decorreu uma exibição de ballet, pela Escola de Dança de Barcelos, e uma demonstração de hip-hop, com o Professor André Pires. As colaboradoras do LRDL e Lar da Misericórdia dinamizaram um momento musical para desejar as boas festas e, a terminar, a animação musical ficou a cargo do Duo Opsom. [ALBUM:29]   No Lar Santo André, Adelina Rei, familiar de um utente, deu início à festa, com um momento musical. Depois, Manuel Arantes entreteve os presentes com artes mágicas. A fechar a festividade, decorreu uma atuação de ballet, com a participação das colaboradoras do Lar Santo André, sob a orientação da Professora Maria, que muito divertiram utentes, familiares e amigos. [ALBUM:26]   Na Unidade de Cuidados Continuados Integrados (UCCI) de Santo António, realizou-se uma Eucaristia e ainda um divertido Got Tallent UCCI 2019, com a participação dos colaboradores e utentes. [ALBUM:24]   Na área da Educação na Infância, as Festas de Natal decorreram sob o mote “Natal Mágico”. Ao longo de dois dias, a festividade decorreu no Infantário Rainha Santa Isabel, com a participação de mais de 400 crianças, das diferentes unidades operacionais da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos. “Prendas e Enfeites de Natal” e “A Bruxinha descobre o Natal” foram os espetáculos apresentados pelas crianças do Infantário Rainha Santa Isabel. “12 dias de Natal” e “Clap clap song” foram os espetáculos da Creche As Formiguinhas. As crianças do Centro Social Comendadora Maria Eva Nunes Corrêa apresentaram “Natal já chegou” e “Pinheiro de Natal”. Já o Centro Infantil de Barcelos apresentou “Duendes de Natal”, “Pinheiro colorido de Natal”, “A amizade é o nosso mel” e “Rodolfo, a rena especial”. Além disso, ao longo dos dois dias, os mais pequenos visitaram a Casa do Pai Natal, a Discoteca e não só puderam escrever a Carta ao Pai Natal, como escrever Postais de Natal. [ALBUM:32]   A Santa Casa da Misericórdia de Barcelos deseja a todos um Santo e Feliz Natal!

Ver Mais
20 Dez
todos-nesta-santa-casa-tem-um-papel-importante-a-desempenhar

“Todos nesta Santa Casa têm um papel importante a desempenhar”

Cerca de 250 pessoas – entre colaboradores, voluntários e órgãos sociais da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos – reuniram-se, no sábado passado, para a tradicional Ceia de Natal. Além do convívio e animação, a ocasião serviu também para destacar e valorizar o trabalho de cada uma das pessoas que pertencem à família Misericórdia de Barcelos. “Todos nesta Santa Casa têm um papel imprescindível no seu trabalho”, sublinhou, na sua intervenção, o provedor da instituição. Nuno Reis reforçou a ideia de que “são as Pessoas que fazem as instituições” e destacou a importância de que “cada um de nós, nas suas mais diversas funções, nos seus diferentes trabalhos, se capacite que tem uma missão importante a desempe­nhar”. A Ceia de Natal contou com serão musical a cargo do Duo Opsom e com momentos de dança e boa disposição, sendo que não faltou também a troca de prendas. E porque o Natal é uma época de alegria e dádiva, os colaboradores participantes foram convidados a partilhar um alimento para distribuir por 56 famílias a ser apoiadas nesta época.   [ALBUM:25]

Ver Mais
1
2
3
4